Cancelamos participação no Ciclocrosse

Não estaremos presentes no Campeonato Nacional de Ciclocrosse que está agendado para próximo domingo, 9 de janeiro, a realizar em santo Tirso.

A participação fazia parte do nosso calendário e inseria-se no nosso plano de formação desportiva da Academia, contudo, depois de recebida uma circular por parte da UVP-FPC em que informa sobre a obrigatoriedade de testes, a direção da Academia decidiu por unanimidade cancelar a participação.

Esta decisão tem por base uma fadiga acumulada com a presente situação pandémica e com a falta de coerência dos órgãos responsáveis (nota, em momento algum nos referimos à UVP-FPC).

Entendemos que a vacinação seria necessária para todos os eventos e sugerimos isso aos encarregados de educação. Consideramos que é uma forma de violência física e psicológica, a pressão exercida para testagens sucessivas, sobretudo nos jovens no contexto de participações desportivas. Recordo que o ciclismo é considerado modalidade de baixo risco, dada a sua dinâmica. Não pactuamos com motes para discriminação social e auemnto da fadiga que em todos já se faz sentir.

Além de que uma informação recebida a meio da semana, torna praticamente impossível e motivo de stress, a procura por locais de testagem em tempo útil, sabendo por experiencia a pressão exercida sobre farmácias e locais de teste, que apresentam lotações com várias semanas de agendamentos e como tal escassez de testes e meios.

Somos um projeto de educação e formação desportiva. Educamos para as boas praticas desportivas e para os mais elementares valores sociais. Podemos e conseguimos continuar a faze-lo sem esta participação desportiva.

Somos apologistas de uma promoção de saúde pública através do desporto, boa alimentação e hábitos de sono. Tudo, devidamente estudados e fundamentado cientificamente com largo impacto na saúde das populações.

Desejamos boa sorte aos atletas que estarão presentes para disputar os títulos, acreditamos que talvez no próximo ano, possamos estar presentes para ajudar a fazer a festa.

Transcrição do comunicado:

Caros Diretores Desportivos,

 A Federação Portuguesa de Ciclismo informa que todos os elementos credenciados para o Campeonato Nacional de Ciclocrosse, incluindo atletas e todos os demais elementos das equipas, organização e comunicação social, terão de apresentar um teste antigénio ou PCR, com resultado negativo, para despiste de infeção por SARS-CoV-2, realizado nas 48 horas anteriores à realização do evento, autotestes não são considerados validos.

 Esta necessidade surge na sequência de este ser um evento considerado de elevado risco, segundo as normas especificadas no documento “Adaptações Regulamentares Específicas no Contexto Covid-19”, dado realizar-se numa região geográfica com uma incidência de novos casos superior a 460 casos por cem mil habitantes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s