A magia do Old School.

Por breves instantes senti-me novamente um miúdo de dez anos, sentado numa escada a admirar o Sr. João a coser os boieux do pessoal do centro ciclista de Aldoar. Que saudades.

Mas naquele momento do presente, estava a assistir uma técnica do Old School do ciclismo.

Apertar os raios onde este se cruzam com um finíssimo arame e depois dar um pingo de solda era uma técnica muito utilizada por corredores e mecânicos. O objectivo era dar mais rigidez à roda.

Mais informações na internet, fiquei também a saber que no btt também se chegou a utilizar esta técnica. Mas segundo a informação disponível e à impossibilidade de falar directamente com o atleta, diz que o objectivo era segurar o raio para caso este cedesse e partisse, não pusesse em causa o funcionamento da bicicleta.

Os engenheiros apressaram-se a decompor a ideia mal partilhei o momento nas redes sócias.

Eu a falar de magia e eles a falarem de ciência.

Fazem ideia de quantos super-atletas teriam sido rejeitados nas camadas jovens se tudo fosse solucionado pela ciência?

Por mais que a ciência diga que só as grávidas precisam de tomar magnésio, fazes lá tu ideia quanto as empresas de suplementação facturam à custa de quem pensa que vai resolver o problema das cãibras à custa de shots deste suplemento.

Por isso, deixem-me sonhar que eu também não chateio quem toma magnésio para as cãibras.

Pode a ciência confirmar que não se traduz em eficiência, cada vez encontro menos quem saiba tratar assim uma bicicleta por tu.

Boas pedaladas

😉

Anúncios

One response to “A magia do Old School.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s