Pato bravo, és um deles?

Assim que deram a partida colou-se a mim, eu estava longe de ser um dos da frente, mas ele viu algo em mim ao estilo “pró”, devia ser a pinta (a minha).

"Pato bravo" é o ciclista inexperiente que ainda não domina o meio e a técnica, tem um estilo desconcertado e trapalhão.

“Pato bravo” é o ciclista inexperiente que ainda não domina o meio e a técnica, tem um estilo desconcertado e trapalhão.

Ia eu no meu ritmo constante e ele lá ia ficando para trás, volta e meia punha em pé na bicicleta, dava um sprint e “estacionava” uns metros à minha frente, agarrava no bidão e bebia água com sofreguidão e barulhos estranhos, não demorava muito até que voltasse a ficar para atrás e a cena voltava a repetir-se. Ainda não tínhamos sequer chegado ao primeiro abastecimento e o ritmo arrumou com ele para canto, ficou para trás e não mais voltei a vê-lo, era um pato bravo!

Achei a situação divertida e sabia exactamente qual seria o desfecho, durante a companhia do pato bravo, a única duvida que tinha era quanto tempo demoraria a ficar para trás. Acho engraçado este tipo de atitude com origem na ignorância, mas já todos passamos por esta aprendizagem e por isso já todos fomos patos bravos.

O termo pato bravo surge com frequência pela boca de ciclistas mais experientes e só destes! Até porque um pato bravo ainda não domina o calão para compreender a expressão pato bravo e quando passa a compreender, já não o é.

Há um certo “código” informal no ciclismo, uma sub-cultura, que abrange vários aspetos, influencia desde o comportamento, ao vestuários, passando por técnicas básicas até ao calão utilizado, estar forma deste conhecimentos denuncia os menos experientes e esses são os patos bravos e por isso, é fácil identifica-los.

Estás a questionar-te se ainda serás um “Pato Bravo”?
Pois vamos ver isso, responde SIM, ou NÃO ás 13 questões que se seguem:
  1. Ainda usas sapatilhas casuais de corrida, ou futebol?
  2. Os pedais de plataforma ainda estão na bicicleta e não passaste para os pedais de encaixe porque tens medo de cair?
  3. Usas calções de tecido largos com a desculpa que são mais confortáveis e de vez em quando uns de lycra por baixo desses?
  4. Foste comprar as tuas primeiras roupas de ciclismo e achaste melhor comprar 1 número acima?
  5. Os teus primeiros sapatos de encaixe foram comprados numa grande superfície e prendem com 3 velcros?
  6. O teu capacete abana todo na cabeça e tens a testa toda à mostra?
  7. Ainda tens os reflectores na bicicleta?
  8. Usas o selim muito em baixo para conseguires pousar os pés no chão quando páras?
  9. Ao pedalar abanas-te todo?
  10. Ultrapassas sem avisar por que lado o vais fazer e atravessas-te à frente de toda a gente?
  11. Sais disparado nos passeios mas ao fim de poucos quilómetros já estás morto?
  12. Não fazes ideia para que serve um GPS na bicicleta?
  13. Usas as ciclovias para andar a fundo?

Meu caro, se respondeste Sim a mais de 8 das 13 questões, parabéns, ainda te encontras na categoria “Pato Bravo”! Mas não leves isto como um insulto, ser pato bravo é quase como ser caloiro na faculdade, podes não ser “doutor”, mas a verdade é que já fazes parte da instituição.

Boas pedaladas 😉

pato bravo

Anúncios

3 responses to “Pato bravo, és um deles?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s