Pedalar em Paredes de Coura

A vida é feita pelas experiências a que nos sujeitamos, sejam elas boas ou más, aquilo que somos hoje foi o resultado de ter-mos passado por todas elas.

xcm paredes de couras 2016 maratona

Este ano a vontade de pedalar voltou e em grande, por isso quero voltar a coleccionar experiências, quero juntar vida à minha vida. Tenho seleccionado alguns eventos, tantos quantos possíveis que a agenda permita e este fim de semana havia um “buraquinho”. Contas feitas por alto e a selecção foi fazer-me à estrada em direcção a norte, destino: Paredes de Coura.

O evento em causa contava para o calendário oficial do Campeonato Regional do Minho Maratonas, por isso já sabia que me ia meter no meio de uma luta de galos por se tratar de um carater mais competitivo, mas como não é luta para mim, isso não me atrapalhava. Afinal de contas cada um tem os seus objectivos e os meus não colidem com os de ninguém.

Fiquei surpreendido logo no momento da inscrição, pelo facto da mesma ser gratuita, coisa rara nos dias de hoje!

Logo à chegada vejo que o GPS uma vez mais não estava com disposição de me ajudar e fez desaparecer o track uma vez mais (acho que anda a pedir para ser substituído, afinal já são 12 anos de serviço), nestas condições, só me restava esperar que as marcações fossem razoáveis, senão teria de agarrar uma rodinha à maneira.

Eram 3 as distâncias propostas, cada uma com um nível de dificuldade diferente.

distancias xcm Paredes de Coura 2016

O arranque marcado para as 9h30, deu-se ás 9h50 (já começo a achar que há uma tradição semelhante ao da noiva chegar atrasada, deve ser de mau tom fazer as coisas a horas).

A maratona “lazer” na qual eu estava inscrito tinha então uma distância de 73 quilómetros e rondava os 2,000 metros de subida, segundo dados da organização. À primeira vista, nada de mais para quem tinha feito o B150 umas semanas antes.

xcm Paredes de Coura maratona lazer 2016

Não há boas vistas sem um bom miradouro e os melhores estão nos sítios mais altos, que é como quem diz: se queres bom vais ter de subir, para depois descer também.

Quinze quilómetros a subir levaram os participantes a uma boa cota que proporcionava uma vista deslumbrante, não parei para tirar foto, mas guardei o momento.

Há coisas que por mais fotos que se tire jamais seremos capazes de transmitir a sensação, a emoção, as fotos não fazem jus ao deslumbre da realidade e pro isso preocupei-me mais em viver e menos em tentar captar o momento para mais tarde partilhar.

Subidas duras que tiravam o fôlego e descidas duras que a serem feitas em velocidade deixavam as pernas com os músculos bem cheios de ácido lático tal era a vibração e a exigência física das mesmas. Um misto de trilhos de pedra solta e fragas, sobretudo granito, trilhos e paisagens soberbas. Lembro de passar por uma manada de Garranos com imensas crias e outras tantas éguas prenhas, simplesmente fabuloso!

Já nos balneários ouvi um, ou outro praticante a queixar-se de falta de água por parte da organização, não vi razões para tal, o que não faltavam eram fontes de água fresca pelo caminho. Os dois abastecimentos de alimentos sólidos que encontrei pelo caminho eram muito completo e no momento da minha passagem não parecia falta nem qualidade, nem quantidade para quem ainda estava por passar.

Valeu a pena a viagem e apesar de ser a tal vertente competitiva que reinava, não desprestigiou o evento em si. Um pouco duro para quem se inicia, que o diga o “pato bravo” que nos primeiros 25 quilómetros tentou andar sempre agarrado a mim em jeito de “elástico” e depois levou com o “sr. da marreta” sem dó nem piedade.

É caso para dizer que de “borla”, foi melhor que muitas a pagar e se ficaram descontentes, podem sempre ir pedir o dinheiro da inscrição de volta.

E venha a próxima! Boas pedaladas.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s