Almeirim, O Portugal dos Pequeninos.

A exemplo do que se passou o ano passado, por um fim de semana Almeirim voltou a transformar-se no verdadeiro Portugal dos Pequeninos, acolheu mais uma vez o Encontro Nacional de Escolas de Ciclismo.cartaz_escolas_print

Vamos a números:

600 crianças entre os 6 e os 14 anos, distribuídas por provas de ciclismo de estrada e btt, com este ultimo a ficar com perto de dois terços dos presentes.

39 equipas marcaram presença no btt e 29 na estrada.

105 atletas na categoria Infantil (11/12 anos) em btt formaram o maior pelotão.

Os números mostram bem que o btt domina a formação no ciclismo, os números das classes mais jovens demonstra também a consistência e interesse na formação e interesse das próprias crianças na modalidade.

Amigos fora da pista, competidores ferozes dentro dela.

A imagem ilustra bem que um evento de ciclismo é a participação de todos.

A imagem ilustra bem que um evento de ciclismo é a participação de todos.

Há pouco a dizer e muito a sentir, só quem lá está é que compreende o ambiente e a magia do ciclismo e de crianças a competir num desporto destes.

Mas as coisas passam-se mais ou menos assim:

No caso da vertente de estrada, tem disponível uma grande avenida e algumas artérias devidamente fechadas para o efeito. Já o btt vê reservado todo um espaço ajardinado para montagens de tendas das equipas e logo em frente, com uma paisagem totalmente diferente a pista propriamente dita.

Lugar para tudo, lugar para todos.

Lugar para tudo, lugar para todos.

Uma pista sem grandes dificuldades técnicas, marcada essencialmente por cuvas apertadas e algumas lombas “estilo bmx”, sem qualquer subida de relevo.

Apesar das poucas dificuldades técnicas, há sempre acidentes.

Apesar das poucas dificuldades técnicas, há sempre acidentes.

No sábado de manha chega-se ao local que a Câmara Municipal de Almeirim disponibiliza para o encontro. Monta-se a tenda e leva-se os pequenos atletas à primeira à pista.

Os pequenos benjamins a prepararem-se para a manga de destreza.

Os pequenos benjamins a prepararem-se para a manga de destreza.

De tarde são realizadas as primeiras mangas de destreza para os benjamins (7/8 anos) e também para os iniciados (9/10 anos), para estes últimos é a primeira e última, uma vez que no dia seguinte fazem prova em linha.

IMG_1268

André Maia a aguardar ordem do comissário para arrancar para a sua volta cronometrada.

As classes infantis (11/12 anos) e juvenis (13/14 anos) fazem neste mesmo dia uma volta ao circuito em estilo contra-relógio, cujo tempo determinará a posição na grelha de partida para a corrida do dia seguinte.

As pequenas mas importantes conversas com os jovens.

As pequenas mas importantes conversas com os jovens.

Domingo. A ordem é para levantar cedinho, os atletas tem de estar prontos, as provas começam logo às 9 da manha e a essa hora já tudo tem de estar pronto e bem desperto. Os benjamins fazem a segunda manga de destreza, as provas em linha começa, com os iniciados e seguem-se os infantis.

Campeonato Nacional Para-Olimpico que decorreu em simultâneo.

Campeonato Nacional Para-Olimpico que decorreu em simultâneo.

As provas infantis são interrompidas e pede-se o apoio de todos os presentes nas provas para-olímpicas que decorrem na estrada. De regresso à terra, a prova dos juvenis coroa o fim de semana, esta é na classe escolas, a prova rainha.

Chamada à meta para organização da grelha de partida. Organizar mais de 100 atletas não é fácil.

Chamada à meta para organização da grelha de partida. Organizar mais de 100 atletas não é fácil.

O publico, maioritariamente composto por pais e familiares próximos fica ao rubro com todas as provas, corre-se de uma curva para as outras e à ultima volta uma multidão corre para a meta, só um ganha, mas todos são os nossos vencedores.

Mais de 90 atletas juvenis durante o arranque proporcionam uma moldura fabulosa.

Mais de 90 atletas juvenis durante o arranque proporcionam uma moldura fabulosa.

Quanto a mim, Parabéns filho pela brilhante prestação, mais importante que o lugar, é a dedicação e a entrega com que se entra e faz a prova.IMG_1082

Este encontro foi especial para mim, por ser o último do Rafael, para o ano será cadete e com o Encontro Nacional de Escolas terminado, começa logo de imediato mais um ano, assim é o ciclismo.

O Rafael durante a prova.

O Rafael durante a prova.

Parabéns à Câmara Municipal de Almeirim, à Federação Portuguesa de Ciclismo, a todos os clubes que participam, aos Pais e familiares pelo esforço que fazem, e sobretudo aos pequenos que são a festa.

Durante um fim de semana, o futuro do ciclismo esteve em Almeirim!

Assim foi mais um Encontro Nacional de Escolas de Ciclismo.

Assim foi mais um Encontro Nacional de Escolas de Ciclismo.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s