O GPS e o ciclismo.

Vindo de um passeio e ainda com a bicicleta dentro do carro saio para ir ao café, antes, lembro-me que tenho o GPS ainda instalado no guiador e penso:

-“Bom, é velho, mas é meu e não vale a pena arriscar a ficar com vidro partido e sem GPS!!” – dou a volta ao carro, abro a mala e tiro-o. Ao pega-lo na palma da mão, um sentimento nostálgico.

Garmin GPSMAP 60C foi lançado em Agosto de 2004 e foi o primeiro GPS portatil com ecrã a cores (256 cores)

Garmin GPSMAP 60C foi lançado em Agosto de 2004 e foi o primeiro GPS portatil com ecrã a cores (256 cores)

Já há uns tempos que me passa pela cabeça reformar o meu “belhote”, afinal de contas já leva mais que uma década ao serviço. Mas como tem aparecido sempre outras prioridades e como ele ainda funciona na perfeição, lá se vai aguentando volta, atrás de volta.

Na verdade, a única coisa que me faz pensar em trocar este é que os novos tem uma recepção mais precisa e mais rápida. Não é muito agradável ficar sem satélites no meio de um arvoredo mais denso, ou mesmo ter de esperar no trilho que o sinal actualize para saber se é à direita, ou à esquerda.

Foram tantas as vezes que tive de voltar atrás, que esta brincadeira até baptizou um grupo de amigos que se juntava para correr uns trilhos aqui pelos lados de Matosinhos.

A oferta hoje é muita e variada e há para todas as carteiras na verdade, o GPS democratizou-se, longe vão os tempos em que eu ia a um passeio e entre 150 participantes (e já eram imensos) era-mos 2 com GPS, hoje entre 500, são dois sem o aparelho.

Longe também vai o tempo em que os “Velhos do Restelo” me diziam que o “gadget” não tinha futuro no ciclismo, servia para o btt, mas pouco mais e jamais substituiria o conta-quilometros. Hoje esses mesmos “Velhos do Restelo”, não usam conta quilómetros e até tem por lá no guiador um GPS.

Este é certamente um dos melhores investimentos que alguma vez fiz na modalidade, senão mesmo o melhor.

O GPS na verdade ajudou a criar novos aventureiros subtraindo a aventura. Para quem faz um trilho pela primeira vez é uma nova descoberta, ao abrigo da sensação que aquilo já foi descoberto e o nível de segurança será maior. É uma porta para exploradores urbanos.

Podes ir à net e pesquisar por tracks perto de ti, ou em algum local que queiras visitar, a oferta é imensa. Podes ainda desenhar os teus próprios traks (o que não recomendo sem prévio conhecimento geográfico minimo da região).

Se formos seguir um track, sabemos de antemão os quilómetros e podemos até prever o tempo que irá demorar, salvo algum imprevisto.

No campo da segurança, podemos dizer a alguém onde estaremos, mesmo que no meio do monte, estaremos relativamente mais seguros.

Hoje os novos GPS são também uma excelente ferramenta de treino, reunindo dados como cadências, frequências cardíacas, médias e comparações entre treinos com o auxílio de softwares próprios.  Quer para providenciar dados aos atletas, como para os treinadores.

Hoje há eventos que prescindem das marcações com fitas, há eventos que tem “GPS” no nome e são poucos os que hoje não sabem o que significa a sigla “GPS” (Global Position Sistem), é melhor explicar de qualquer das formas!

Já perdi a conta aos quilómetros e ás aventuras em que este GPS me fez percorrer e me deu. Graças a ele, aventurei-me, descobri, trilhei e deslumbrei-me com trilhos e recantos.

Parece que, ou aparece por ai um patrocínio, ou o “belhinho” vai continuar a guiar-me por esses trilhos fora, pelo menos até deixar de haver “outras” prioridades. 😛

Se tiveres alguma estória engraçada com o teu GPS, partilha aqui com a malta 😉

Anúncios

2 responses to “O GPS e o ciclismo.

  1. Caro amigo, eu não tenho história interessante de GPS, porque sequer tenho, mas não porque não o desejo…..Aqui no Brasil é uma fortuna, com muito sacrifício conseguimos uma boa bicicleta, já os acessórios e equpamentos….aí já fica difícil. Ainda estamos no “seu” 2004, entre 500, uns 02 ou 03 têm GPS….a nossa “pedalada” ainda é na base de mapas e ciclocomputadores, mas chegaremos lá um dia! Um grande abraço e parabéns pelas matérias postadas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s