Toda a maratona começa com uma pedalada e todo o caminho, com o primeiro passo.

Se queremos levantar voo, primeiros precisamos de ter os dois pés bem assentes no chão. Pois será destes que irá sair o impulso que nos permitirá voar alto e longe.

A quem esteve atento ao BLOG, leu que o ano passado me propus a um desafio, desafio esse que estava muito acima das minhas capacidades, um amigo chamou-me à razão e esta fez-me assentar os pés nos chão.

Seja qual for o desafio, ele precisa de um plano e se as condições mínimas não estiverem reunidas, vale mais não avançar, do que nos sujeitarmos a uma frustração certa.

Os desafios podem assumir uma proporção maior, ou menor consoante a capacidade, condição, disponibilidade e limitações de cada um.

Uma maratona de cem quilómetros pode ser um passeio suave e vulgar para uns, ou uma grande superação pessoal para muitos outros.

Para quem esteve parado durante pouco mais três anos devido a lesão, uma prova de etapas com cada uma delas a rondar os três mil metros de acumulado, pode ser um desafio colossal, se lhe adicionarmos apenas oito semanas para preparação e muito pouco tempo para a mesma. Estas eram as condições que o ano passado me fizeram abortar a aventura.

O desafio era e continua a ser uma prova de etapas. Não interessa qual, ou onde.

É exigente quanto baste para quem vai recomeçar do zero!

Este ano vou! Dita a determinação.

Serão 26 semanas de preparação que vos vou fazer acompanhar por aqui através de pequenas crónicas.

Para que compreendam o processo de preparação para algo do género e sobretudo, como construir uma base para que o ciclismo seja uma modalidade agradável e sem lesões.

Não será uma crónica de um “super atleta” que se prepara para um ultra-desafio.

Como já referi estou parado há 3 anos e o que vos irei transmitir é um trabalho de preparação, com quem começa agora a usar a bicicleta.

Como o desafio para o qual me vou preparar é feito em duplas (comum neste género de eventos/provas), convidei o Tiago que é meu atleta há já algum tempo, que logo aceitou o desafio.

Pedro Silva e Tiago Rodrigues, a dupla do TEAM PROJETOPEDAL.com

Pedro Silva e Tiago Rodrigues, a dupla do TEAM PROJETOPEDAL.com

Quase dez anos mais novo, bem treinado e no final de uma pré-época de TOPO e encontra-se como seria de esperar e o que me deixa muito satisfeito, em excelente condição física.

Obviamente irei procurar aproximar-me o mais possível da condição dele, uma vez que durante a prova o andamento terá de ser muito semelhante, uma vez que partimos juntos e temos de chegar juntos.

Para já fiquem ai com um apontamento do que será o meu treino para as próximas 3 semanas.

Apontamentos para as primeiras 3 semanas de preparação.

Apontamentos para as primeiras 3 semanas de preparação.

Partam comigo e cheguem comigo. Para conseguir é preciso primeiro querer e logo a seguir trabalhar.

Desde já os meu especial agradecimento ao Tiago, por mais uma vez, confiar em mim.

Venham comigo nestas 26 semanas.

ProjetoPedal logotipo

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s