Elvas, Reguengos e Sines, uma surpresa guardada em cada um dos locais.

Vou fazer disto um pequeno resumo da minha incursão pelo Alentejo a fazer BIKEFIT’s

Os pedidos que caem no correio electrónico todas as semanas são tantos por esse Portugal fora, que decidi dar a oportunidade aos que se deram ao trabalho de se organizar em grupos.

Elvas

O anfitrião seria o João Grave, proprietário da Hobby Zone, uma loja muito simpática e ao meu estilo, cheia de material do chão ao teto, não falta nada.

Na verdade não esperava encontrar tanto ciclista em Elvas, foi uma surpresa extremamente agradável, ver que o btt e o ciclismo em geral não vive só no litoral, ou na periferia dos grandes centros urbanos.

 

Reguengos

O Luis contactou-me  tratou de organizar tudo, juntou o pessoal lá fomos fazer umas avaliações no Ginásio do Pedro.

Foram até à data o grupo mais “certinho” que eu encontrara. Pequenissimos ajuste a fazer, o que me começou a deixar curioso porque eram todos clientes da mesma loja e que me relatavam como sendo um Pedro o dono da loja. (antes de saber que Pedro era, mas se era Pedro, era bom rapaz de certeza!!)

Afinal por detrás destes ajustes, estava um único responsável: António Pedro Faísco.

Não sabes quem é o Faísco? Não levo a mal, com o boom que o btt teve é normal que mais de metade dos atuais praticantes não conheçam os ex campeões, os verdadeiros responsáveis pelo que o btt é hoje. Este foi particularmente responsável por ajudar a um desenvolvimento tecnológico, o nome ROTOR diz-te algo? Pois que eu saiba, ele foi o primeiro a ousar experimentar isso em Portugal e no BTT.

Revista Bike Magazine, nº66 Setembro de 2002.

Revista Bike Magazine, nº66 Setembro de 2002.

Faísco é parte da história do btt Nacional, seria engraçado voltar a vê-lo regressar às pistas.

Sines

O Rafael tomou as rédeas e levou o BIKEFIT do projetopedal até aos Sines Night Riders, um grupo informal de amigos que a exemplo de  muitos outros dão umas voltas de bicla para descontrair e conviver. Assentamos arraiais nas instalações do Clube Columbófilo Vasco da Gama e lá começou.

E o que tem este grupo de tão surpreendente?

A quantidade de elementos femininos que também pedalam.

Hoje, já nos habituamos a ver as equipas cheias de elementos femininos, mas nos grupos informais, ainda não é tão comum quanto isso, continua a ser um mundo maioritariamente masculino.

Parabéns às meninas dos Sines Night Riders mantenham a pedalada.

Uma semana interessante com quase 1200 quilometros de estrada, que acabaram a 80 quilometros de casa, á conversa com o simpático e cheio de histórias Sr. Miguel.

WP_002039

Uma peça de 10€ deixa-me a 80k de casa, depois de quase 1200. Se fosse uma bicicleta, um Zip e estava nos trilhos outra vez. Quanto mais ando de carro, mais gosto de bicicletas!

Em todos os locais que estive, a todas as pessoas que avaliei, o meu sincero obrigado pela simpatia.

É assim que vejo o ciclismo, com pessoas simpática e divertida e esta semana foi um fartote delas.

 

Se estiveres interessado em organizar o mesmo para o teu grupo, informa-te >aqui<

Mas se não tens grupo, podes sempre recorrer a uma das nossas lojas parceiras e que te proporcionam a possibilidade de realizar uma destas avaliações, são elas:

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s