Eles conseguiram e sem o Facebook

mobilidade

Uma sociedade que hoje, os ciclo-ativistas tomam como exemplo da proliferação da cultura pró-bicicleta, também teve de conquistar esse direito e conseguiu-o “a pulso” numa época em que o Facebook e o Twitter era feito na rua através de cartazes, e verdadeiras manifestações, era ai o poder do povo.

Hoje, nem mesmo a “mover” milhares de apoios nas redes sociais, os ciclistas conseguem chegar perto dos direitos que “aqueles” já usufruem.

Eles conseguiram sem o Facebook, conseguiram-no na rua, hoje a melhor forma de te manifestares, é pedalando.

mobilidade

Reparem na legenda da imagem em que se pode ler: Rua para Bicicletas, os carros são convidados” – Evidenciando desta forma a clara prioridade para a circulação de bicicletas.

 

Continue a ler o Artigo completo aqui >>

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s