Carrinhos de choque

No ciclismo devemos saber reservar o nosso espaço por forma a evitar quedas, ou simplesmente para poder-mos definir bem uma trajetória, o espaço é fundamental e a colisão física significa quase sempre mau resultado. Este cuidado aplica-se a tudo, desporto e lazer.

Então onde é que o choque propositado entra no ciclismo?

No choque de ideias!

2012 e parece que anda tudo meio adormecido. Se é preciso por umas ideias a chocar, também é preciso saber quem é que devemos fazer colidir, duas boas nuvens dão um bom relâmpago, que não é mais que energia bruta e energia é o que precisamos.

Um governo à nora com contas públicas de tal forma caóticas em que toda a massa politica nacional e internacional aguarda decisões como abutres aguardam que se acabe a agua do cantil, do desgraçado perdido no deserto. Não se pode esperar nada destes lados.

Um bom punhado de cicloativistas na blogosfera que aguardam que estes, os politicos, desatem a construir ciclovias para dar inicio ás massas de utilizadores de bicicletas. O Português deveria ter um dedo indicador bem mais longo que a média Europeia, passa o tempo todo a usá-lo.

Lojas e lojas de bicicletas como nunca eu vi (e estou no btt desde 1993) e quais sólidos quadrados não vem que a promoção da bicicleta é reciprocamente a promoção do negócio que tem, quantas destas alminhas tem á sua porta um simples “rack” para que o cliente se dirija á loja de bicicleta e a possa deixar em segurança á porta? Quantos?

E os clubes de BTT que proliferaram quais cogumelos, já para não falar nos grupos de amigos, mas esses como nao são oficiais não podem entrar para a dança. Voltando aos clubes de Btt, estes ultimos anos foi uma festança, mas venham eles, eu queria era o dobro dos que já existem, mas que não se fechassem em si mesmos, não vendo nem a grande maioria nem a pequena que se estão a condenar com este isolamento voltado para a competição, esquecem as raizes, ou não sabem como valorar em proveito próprio todo o quilometro de experiência acumulado. Experiência demasiado importante para ser contida desta forma, mas que demonstradamente não querem, ou não sabem como a utilizar.

Há que por ideias a chocar, propositadamente e de forma divertida, tal como os carrinhos de choque. Mesmo que um ou outro solavanco faça alguém fazer uma cara feia e mais azeda, a verdade é que no fim todos sairão a rir e acabam nos copos todos juntos.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s